800 007 970 (Gratuito para españa)
658 598 996
·WhatsApp·

5 may 2010

Hábitos de postura corporal en ambiente escolar: estudio realizado en alumnos portugueses con edades entre 10 y 15 años

/
Enviado por
/
Comentarios0

Os hábitos de postura corporal inadequados quando repetidos afectam significativamente a coluna vertebral (Ribeiro e Carmo, 2008). Foi com o objectivo de conhecer os hábitos de postura corporal dos alunos, quando se encontram em ambiente escolar, que aplicamos um questionário sobre…

 
Autor(es): 1MARIA EMÍLIA M. ALVES –1JOSÉ LUÍS GARCIA SOIDÁN –2MARIA PILAR GARCIA SOIDÁN
Entidades(es): 1Faculdade de Ciências da Educación. Pontevedra – Universidade de Vigo 2Facultad de Ciencias Sociales y de la Comunicación. Universidade de Vigo
Congreso: III Congreso Internacional de Ciencias del Deporte y Educación Física
Pontevedra: 6-8 de Mayo de 2010
ISBN: 978-84-613-8448-8
Palabras claves: postura corporal; ambiente escolar .body posture, school level.

RESUMEN COMUNICACIÓN

Os hábitos de postura corporal inadequados quando repetidos afectam significativamente a coluna vertebral (Ribeiro e Carmo, 2008). Foi com o objectivo de conhecer os hábitos de postura corporal dos alunos, quando se encontram em ambiente escolar, que aplicamos um questionário sobre: “percepção da postura adoptada em ambiente escolar” (PPAAE), adaptado de Ritter et al. (2004), a uma amostra de 3427 estudantes, de ambos os sexos, dos 10 aos 15 anos, pertencentes à totalidade das escolas de 2.º e 3.º ciclo do Concelho de Penafiel, distrito do Porto. Os valores encontrados parecem revelar que os alunos do 5.º ao 9.º ano de escolaridade apresentam hábitos de postura corporal em ambiente escolar inadequados, nomeadamente, nos parâmetros: “como normalmente se senta” (68,9%); “como normalmente se senta para escrever” (60,7%), “como apanham um objecto pesado do chão” (68,7%) e “como apanham um objecto leve do chão” (70,1%). No entanto, verificou-se que no caso do “transporte do material escolar”, 86,5% dos alunos utilizam o material adequado (a mochila) e destes, 87,0% usam-no correctamente, ou seja, com o peso distribuído por ambos os ombros. Na comparação entre sexos, na maioria dos itens avaliados foram encontradas diferenças entre sexos, variando a sua predominância nos diferentes parâmetros. No caso do transporte do material escolar, a percentagem de rapazes a utilizar a mochila é superior à das raparigas (92,5% e 80,6%, respectivamente) e, em média, também são estes os que transportam a mochila com maior correcção (duas alças distribuídas por ambos os ombros).

Os resultados encontrados no nosso estudo sugerem uma necessária actuação preventiva por parte da comunidade educativa, mostrando-se como excepção o caso do “transporte do material escolar”, cujos dados obtidos apresentam uma perspectiva bastante satisfatória

ABSTRACT COMUNICATION

Inadequate postural habits when repeated meaningfully affect the vertebral column (Ribeiro e Carmo, 2008). It was with the objective of knowing the postural habits of students, when they are in school environment, that we applied a questionary about: “perception of the posture adopted on school environment” (PPASE), adapted from Ritter et al. (2004), of a sample of 3427 students, from both sexes, of 10 to 15 years, from all schools of 2nd and 3rd cycle of the Municipality of Penafiel, Oporto district. The values found seem to reveal that students of 5th to 9th year present inadequate body postural habits in school environment, namely, on the parameters: “how do you usually sit down” (68,9%); “how do you usually sit to write” (60,7%), “how do you pick up a heavy object from the ground” (68,7%) and “how do you pick up a light object from the ground” (70,1%). However, we checked that in the case of “school material transportation”, 86,5% of the students use the adequate material (school bag) e from this ones, 87,0% use it correctly, namely, with the weight shared by both shoulders. In the comparison between sexes, on the majority of items evaluated a difference between sexes was found, changing its predominance on the different parameters. On the case of school material transportation, the percentage of boys using the school bag is higher than the one from girls (92,5% and 80,6% respectively) and, in average, they are the ones that transport the school bag with greater correction (two straps shared by both shoulders). The results found in our study suggest the necessary preventive action by the school community, showing has an exception the case of “school material transportation”, whose data obtained, present a high satisfactory perspective.

 

Responder

Otras colaboraciones