800 007 970 (Gratuito para españa)
658 598 996
·WhatsApp·

8 may 2006

“Que relação entre aptidão física e a postura corporal? Estudo realizado em crianças de 10 e 11 anos”

/
Enviado por
/
Comentarios0
/
Etiquetas
Principalmente nas grandes cidades, as crianças passam grande parte do tempo em espaços de reduzidas dimensões e as suas actividades de lazer pautam-se por uma vincada passividade como ver televisão, accionar jogos electrónicos e manipular pequenos...
 
Autor(es): DUARTE NUNO SILVA OLIVEIRA CARNEIRO MARIA BEATRIZ OLIVEIRA FERREIRA L. PEREIRA
Entidades(es): UNIVERSIDADE DO MINHO
Congreso: II Congreso Internacional de las Ciencias del Deporte
Pontevedra- 08-10 de Mayo de 2006
ISBN: 978-84-612-3518-6
Palabras claves: Aptidão Física, Postura Corporal, Desequilíbrios Posturais, Crianças

Resumen

Principalmente nas grandes cidades, as crianças passam grande parte do tempo em espaços de reduzidas dimensões e as suas actividades de lazer pautam-se por uma vincada passividade como ver televisão, accionar jogos electrónicos e manipular pequenos brinquedos que minimizam a actividade física, muitas vezes em posições viciosas que comprometem as estruturas corporais. Parece-nos, portanto, pertinente estudar e perceber se os indivíduos com melhor aptidão física apresentam menor incidência de alterações da postura, como desvios e desequilíbrios posturais. Foi utilizada uma amostra de 162 crianças, (das quais 86 são do género feminino e 76 do masculino) de 10 e 11 anos, que representam o universo de 344 alunos de uma Escola do Ensino Básica do Concelho de Penafiel, que frequentam o 5º e 6º ano. Para avaliação da aptidão física foram utilizados os testes Índice de Massa Corporal (IMC), Extensão de Braços, Abdominal, Extensão Tronco, Senta-e-Alcança e Corrida da Milha, constantes na bateria de testes Fitnessgram. Na avaliação da postura corporal foi aplicado um teste de observação directa com registo de imagem em suporte digital. A observação foi realizada nos planos Coronal, vista posterior e Sagital vista lado esquerdo, com o sujeito em posição ortostática. Foram estabelecidos pontos anatómicos de referência, de acordo com os descritos na literatura e constam em protocolo (Fransoo, 2003; Kendall, Mccreary e Provance, 1995; Valsilyeva e Lewit, 2003). Da análise dos dados referentes à aptidão física relacionada à saúde parece resultar a informação que 85,4%, dos sujeitos testados apresentam níveis de aptidão física “abaixo da zona saudável”. Nos resultados da avaliação postural observamos que 98,8% dos sujeitos apresentam alterações à postura. No plano coronal, a maior incidência de desequilíbrios regista-se para o lado esquerdo, 52,8% dos casos. No plano sagital 56,5% dos casos registam alterações com desequilíbrio anterior. Este comportamento é comum para ambas as idades e géneros. Os dados permitem-nos concluir que os sujeitos estudados apresentam alguns factores

Completa la información

Contenido disponible en el CD Colección Congresos nº8.

¡Consíguelo aquí!

Abstract

In our days, mainly in the urban zones, children are spending most of their time in limited and small dimension spaces and their leisure activities are characterized for a strong passivity like watching television and playing with electronic games and with small toys, that minimize their physical activity to a little more than hands movements, most of the time with a vicious body posture compromising all the body structures. It seems so, to us, pertinent to study and understand if children with better physical fitness present less incidence on posture modifications, like posture deviations or derangement. For this study it was used a sample of 162 students (86 were female and 76 were male) of 10 and 11 years old, from a population of 344 students of basic school in Penafiel council, doing the 5th and 6th grade. For the evaluation of the physical fitness it were used the Body Mass Index (BMI) tests, Push-ups, Curl-ups, Trunk lift, Sit-and-reach and One-mile run/walk from the battery of test Fitneesgram. For the evaluation of the body posture it was used a direct observation test with digital image record support. The observation was done on the frontal plane, posterior side, and sagittal plane, left side, with the body on an orthostatic position. It was define anatomic reference points, according literature content and reference protocols (Fransoo, 2003; Kendall, Mccreary and Provance, 1995; Valsilyeva and Lewit, 2003). From the analysis of the physical fitness data, related with the health, seems to result that 85,4% of the students tested has a low level of physical fitness, under the health zone for the physical fitness. In what concerns the results on the body posture evaluation, we found out that 98,8% of the students presents posture modifications. On the frontal plane, 52,8% of the derangement incidences were for the left side, for both ages and gender. Also, on the sagittal plane, 56,5% of the derangement incidences were for the anterior side, again for both ages and gender. Our conclusion is that the studied individuals have some risk factors for their health, namely high incidence of posture derangement, together with a low level of physical fitness, in some cases with over weight.
 
 

Responder

Otras colaboraciones